Café celebra um ano de Ecopila

O projeto Ecopila foi tema de um Café com Associado, realizado nessa quarta-feira no restaurante do Clube Riograndense. A iniciativa completou um ano e o coordenador do Núcleo Socioambiental da ACI, João Batista Dias, apresentou os avanços e resultados desses 12 meses.

Ao elencar quais os problemas da cidade na área ambiental, o Núcleo percebeu que a destinação de resíduos era o principal deles. Assim, Ecopila começou a tomar forma, idealizado para ampliar a educação na área ambiental. “O nosso problema é cultural e escolhemos mudar isso através do incentivo. Para alterar algo na sociedade é necessário criar novos hábitos. Por isso, todas as quintas-feiras, faça chuva ou faça sol, nós estamos na praça Rui Barbosa recolhendo resíduos”, explica João Batista.

Cerca de 60 empresas são parceiras do Ecopila atualmente, além de diversas escolas da região que apoiam a iniciativa. Em um ano foram quase 50 toneladas de resíduos recolhidos. Semanalmente são arrecadadas cerca de 1,5 toneladas. “O projeto está começando a fazer parte da cultura das pessoas, o que era o principal objetivo do Ecopila”, comemora.

Durante a palestra, foram repassados 482 Ecopilas para a APAE Montenegro, como parte do trabalho social (equivalente a R$ 482,00). O plano para os próximos 12 meses é seguir estendendo as atividades de gincanas socioambientais e realizar a criação de uma plataforma de projetos para as escolas parceiras. Além disso, projeta-se para o futuro a implantação em outros municípios. Nos próximos dias será anunciada a criação de uma nova cédula do Ecopila, a nota de dez.

Ao final do evento, os participantes puderam esclarecer dúvidas sobre sustentabilidade e o trabalho realizado pelo Núcleo Socioambiental, sugerindo iniciativas alinhadas ao Ecopila.

Como funciona o Ecopila?

  • Todas as quintas-feiras pela manhã, háuma equipe na Praça Rui Barbosa recolhendo e pesando os materiais.
  •  Como pagamento por esses resíduos, as pessoas receberão Ecopilas, dependendo da quantidade de material entregue.
  • Em seguida, essa moeda pode ser utilizada em empresas locais cadastradas. Um Ecopila é equivalente a 1 Real e o Meio Ecopila corresponderá a R$ 0,50.
  • Depois, as empresas trocam os Ecopilas que receberam junto à Empresa Montepel.
  • Do valor total recebido, 10% retorna ao Núcleo Socioambiental para ser utilizado em ações sociais e na  sustentabilidade do projeto.

Comentários encerrados.