Pancinha: “Hoje, o cliente compra experiências, não apenas um produto”

“Tudo se transforma muito rápido e é preciso se reinventar, transformar as maneiras de fazer para poder sobreviver no mercado”. Frase comum nos dias atuais. Mas, como vencer nessa nova era? O que fazer para se destacar? Esse foi o tema da Palestra de Encerramento do Projeto Oportunidades para Crescer da ACI Montenegro/Pareci Novo, ministrada por Cesar Pancinha, professor e administrador com mais de 20 anos de experiência na área, na última terça.

Pancinha abordou o conceito de “Neuromarketing” para explicar o novo jeito de entender o mercado e o cliente. Segundo o palestrante, são em pesquisas, regulares ou de profundidade, que se embasa o Neuromarketing. “Um exemplo: a partir de uma dessas pesquisas descobrimos que a prática comum dos clientes é entrar na loja e olhar primeiro para o lado direito. Por quê? Não sabemos! Mas temos que usar essa informação a nosso favor, colocando à direita os produtos que queremos dar destaque!”, enfatiza.

Segundo o professor, atualmente, os empresários e profissionais da área de vendas e serviços precisam enfrentar três desafios: desligar-se do automático, assumir o protagonismo e aceitar as mudanças. “O mundo muda e é preciso transformar-se para acompanhar. Hoje, o cliente compra experiências, estilos, não apenas um produto. E é preciso entender isso!”

Além disso, segundo Pancinha, é preciso buscar atender de maneira pessoal e personalizada as 5 gerações de consumidores. “É a primeira vez que acontece de termos 5 gerações, desde o “clientinho”, consumindo”, afirma. E para isso, ultrapassar os três desafios é necessário! “Hoje, 80% das empresas que nascem não continuam no mercado porque estão fazendo mais do mesmo, é uma guerra de iguais. É preciso sair do padrão!”

A palestra reuniu 300 pessoas e encerrou as atividades do POC para 2017.

Comentários encerrados.